Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Ensaios de proficiência e monitoramento online na área analitica são apostas da Carvalhaes para 2019

22 JAN 2019 - 00H00 | ATUALIZADA EM 30 JAN 2019 - 09H52

Janeiro, 2019

A coluna mensal ‘Conversa com o Mercado’ tem como objetivo trazer os mais recentes investimentos e movimentações do setor, aumentando o conhecimento sobre os concorrentes, especulações de mercado e ações das principais companhias.

Este mês apresentamos Gisseh Kovacs Bertolami, responsável pelas linhas de produtos técnicos, treinamentos e aplicações da Carvalhaes. A empresa, 100% nacional, com quase 20 anos no mercado de distribuição de produtos para laboratório, possui foco na distribuição de consumíveis para laboratório e fornecimento de laboratórios industriais e de pesquisa. As principais áreas de atuação da companhia são: Indústria farmacêutica, Alimentos e bebidas, Laboratórios ambientais, Estações de tratamento de água e efluentes, Universidades e Centros de Pesquisa, Mineração e Siderurgia e Petroquímica.

Gisseh Kovacs Bertolami

O executivo é bacharel em Química Tecnológica com ênfase em Meio Ambiente pela Universidade de São Paulo. Possui experiências nas áreas de Química Analítica em laboratórios Geoquímicos e Ambientais. Desde 2011 é gerente de produto da Carvalhaes, responsável pelas linhas de produtos técnicos da empresa, com treinamentos e aplicações destes no mercado brasileiro.

Entrevista

Como foi 2018 para vocês? Registraram crescimento? De quanto (%)?
O ano de 2018 foi um ano conturbado, período eleitoral, copa do mundo, greve, entre outros. Todos estes eventos impactam diretamente no nosso mercado, mesmo assim registramos um crescimento próximo a 20% em relação a 2017.

Quais expectativas para 2019?
Nosso foco para 2019 é estabelecer no mercado algumas novas linhas que lançamos nos últimos anos e registrar um novo crescimento em vendas.

Quais as soluções que a Carvalhaes oferece ao mercado de química analítica?
Oferecemos soluções em consumíveis para laboratório, portanto nosso foco está no controle de qualidade, pesquisa e desenvolvimento, laboratórios industriais, estações de tratamento, entre outros. Nossas soluções vão de produtos químicos, kits analíticos, padrões, ensaios de proficiência, pequenos equipamentos de bancada e vidraria. De maneira geral possuímos um leque de produtos que abrange todos os laboratórios analíticos do Brasil.

Qual segmento melhor performou em 2018? Por que acreditam que ele teve sucesso?
Em 2018 registramos uma excelente performance no segmento farmacêutico. Acreditamos que o resultado positivo vem de adequações da indústria farmacêutica às novas exigências da Anvisa, que vêm focando na evolução do segmento laboratorial.

Todos os equipamentos e produtos que oferecem para a área laboratorial são produzidos no Brasil?
A maior parte do nosso portfólio de produtos tem origem na Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos, Bélgica, etc. Em menor parcela temos produtos produzidos no Brasil.

Em caso negativo, quais são produção nacional e quais são importados? Por quê?
Da indústria nacional temos algumas soluções padrão e reagentes químicos. O restante é de origem internacional, pois tratam-se de produtos com purezas e tecnologias de fabricação que ainda não temos produção disponível no Brasil.

Vocês são uma empresa nacional. Exportam ou possuem fábricas em outros países? Quais?
Atualmente servimos exclusivamente ao mercado interno.

Na opinião de vocês, como está o mercado de química analítica? O que esperam de 2019?
O mercado de química analítica está relativamente bem, pois independente de crises este é altamente regulado e as análises são executadas. O que impacta diretamente em nosso mercado é a flutuação cambial do dólar e euro, o que dificulta muito as negociações entre empresas, pois o fator de volatilidade da nossa moeda faz com que a precificação de toda a cadeia, do produto ao serviço prestado, seja muito instável.

Destacam alguma tendência, em produto ou solução, interessante para este ano e que vocês já estão investindo?
Estamos trabalhando intensivamente no desenvolvimento do mercado de ensaios de proficiência e monitoramento online. Acreditamos muito no potencial destes dois segmentos.

Quais foram os últimos investimentos da empresa? Abriram novas fábricas ou escritórios?
Nossos últimos investimentos estão relacionados a estocagem de produtos críticos para a indústria, afim de melhorar a agilidade de nosso serviço, nos tornando mais competitivos. Além disso, estamos investindo bastante em nosso time comercial para o ano de 2019.

Complemente com algo que achar necessário.
Estamos muito animados com o ano de 2019 e desejamos estar cada vez mais perto de nossos clientes, tornando o dia a dia do laboratório mais fácil.

Equipe de comunicação da Analítica.